• Blog do Major

Polícia Civil deflagra operação e prende três pessoas em cidade do RN


Policiais civis da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHM) de Mossoró, com apoio da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) e da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) de Mossoró, e da Delegacia Municipal de Assu, deflagraram, nesta sexta-feira (19), uma operação na cidade de Mossoró que resultou na prisão de dois homens e na apreensão de um adolescente de 16 anos. Durante as diligências, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, objetivando a obtenção de armas de fogo e objetos ilícitos, para instruir a investigação sobre o homicídio praticado contra Emerson Gabriel Rebouças Duarte, no dia 24 de abril deste ano, na cidade de Mossoró. Com os suspeitos, foram encontrados três celulares, porções de “crack”, além de uma pistola calibre 380, com 20 munições e dois carregadores, sendo um deles alterado para comportar mais munições. Foram presos Antônio Vitor Silva Melo, 23 anos, conhecido como “Sinistro”, e Wyllimar Silva Paiva, 26 anos, conhecido como “Perturbado”, e foi apreendido um adolescente. Antônio Vitor e Wyllimar Silva foram autuados em flagrante por posse ilegal com arma de fogo com características modificadas, receptação, tráfico de drogas e corrupção de menores. Wyllimar Silva apresentou documento falso no momento da abordagem, razão pela qual também foi autuado pelo crime de uso de documento falso. Antônio Vitor estava foragido do sistema prisional, desde que se evadiu da Cadeia Pública de Mossoró. Contra ele, existiam dois mandados de prisão, sendo um deles expedido pela Vara Criminal de Mossoró, referente a um crime de roubo, e outro expedido pela Vara de Execução Penal de Mossoró. Em desfavor de Wyllimar Silva, havia três mandados de prisão em aberto, sendo dois deles pela prática de crime de roubo, expedidos pela 2ª Vara Criminal de Mossoró e 3ª Vara da Criminal de Caicó, e um pela Vara de Execução Penal de Mossoró, decorrente de condenação pelo crime de receptação. O adolescente foi autuado em flagrante por atos infracionais análogos aos crimes de posse ilegal com arma de fogo com características modificadas e tráfico de drogas, sendo liberado após a lavratura de Boletim Circunstanciado de Ocorrência (BOC). A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Portal Grande Ponto

2 visualizações

©2020 por Blog do Major. Orgulhosamente criado com Wix.com